Campanha na Inglaterra intensifica ações de combate às diferenças salariais entre gêneros

Chefe do Executivo da Fawcett Society, Sam Smethers Crédito: Divulgação

Os empregadores ingleses terão de esclarecer os critérios utilizados nos cálculos de remuneração entre homens e mulheres, e o porquê das diferenças salariais entre os gêneros. Principal campanha beneficente do Reino Unido, a Fawcett Society afirma que este exercício tem o potencial de mudar o cenário, levando as pessoas a falar sobre a questão.

Chefe do Executivo da Fawcett Society, Sam Smethers afirma que o relatório de diferenças salariais é um fator decisivo em termos de cultura e práticas no local de trabalho. “Obriga os empregadores a olhar para si mesmos e a entender suas organizações, e solicita que os funcionários façam algumas perguntas difíceis”, afirma. Segundo Smethers, as mulheres estão percebendo o direito de falar sobre remuneração, sem ser silenciadas. Ao descobrir o que seus colegas ganham, elas estão em posição de desafiar qualquer desigualdade.

A Fawcett Society aconselha as inglesas a conversar com seus colegas de trabalho sobre pagamento (descubra o que eles ganham e compartilhem informações em sua equipe); e gestor (peça para ver o relatório e o plano de ação do seu empregador). E, ainda, juntar-se a um sindicato e ver com seus representantes sobre o que eles estão fazendo sobre igualdade de remuneração; e, finalmente, compartilhar suas experiências no tweet #GenderPayGap, mantendo a discussão.

Para os empregadores, descobrir sua política interna e a diferença salarial entre homens e mulheres é o primeiro passo. O próximo é examinar as causas básicas e desenvolver um plano de ação, fazendo as seguintes perguntas:

1. Você tem mais homens em cargos de confiança, o que pode representar uma falha em recrutar ou promover adequadamente as mulheres?

2. Suas funcionárias estão principalmente em cargos mais mal pagos? Por que o trabalho dessas mulheres não é melhor remunerado e por que elas não estão sendo promovidas?

3. O processo de relato de diferenças salariais revelou práticas discriminatórias em relação à remuneração, o que poderia ser uma questão legal de igualdade de remuneração? Nesse caso, você é legalmente obrigado a resolvê-las imediatamente.

4. Seus processos de recrutamento precisam ser revisados? Você está anunciando trabalhos flexível ou oferecendo funções qualificadas de meio período que trabalham para pessoas com responsabilidades de cuidado, que são mais propensas a ser mulheres?

5. Finalmente, você precisa criar um plano de ação com base nessa análise.

Pesquisa revela disparidades 

De acordo com dados da Pesquisa Anual de Horas e Resultados, coletados pelo ONS, o hiato é maior no setor privado, em 17,1%. No setor público, ficou estável em pouco mais de 14%. Alguns setores industriais têm disparidades salariais muito maiores, como o transporte aéreo, com um déficit de 35,9%, atividades financeiras e de seguros, com uma diferença salarial de 32,8%, e as artes, de 36,5%.

A Comissão de Igualdade e Direitos Humanos vem usando seus poderes de execução baseados na Lei de Igualdade. Mas o processo envolvendo a investigação dos empregadores, emissão de aviso de ação ilegal e não cumprimento de normas, é ainda muito longo. A Fawcett Society recomenda que as penalidades civis sejam introduzidas, permitindo a atividade de fiscalização.

Sobre a Fawcett Society

A Fawcett Society é a principal campanha beneficente do Reino Unido para a igualdade de gênero e os direitos das mulheres no trabalho, em casa e na vida pública. Tem como visão uma sociedade em que mulheres e meninas são iguais e verdadeiramente livres para realizar seu potencial. www.fawcettsociety.org.uk

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *